Revista Moviola – Revista de cinema e artes » Cidade Cinza

Cidade Cinza


Por

Publicado em 15 de Fevereiro de 2019

cidade cinza

Cidade Cinza (2013), é um documentário brasileiro dirigido por Marcelo Mesquita e Guilherme Valiengo que trata do grafite exposto nos espaços públicos da cidade de São Paulo. O filme traz como contraponto as ações da prefeitura para reduzir o número de pichações julgadas esteticamente  “feias” pelo governo.

As primeiras imagens são de um plano aéreo de São Paulo mostrando uma metrópole sem cor, acinzentada, acompanha as imagens a narração d’os Gêmeos (Otávio e Gustavo Pandolfo), defendendo a necessidade da arte de rua na cidade.  Os artistas argumentam que a arte do grafite pretende “quebrar” o espectro cinza e colorir os muros com arte.

Há em todo filme a fala dos moradores de São Paulo que, em sua maioria, apreciam os grafites e afirmam que a arte representa a cidade por retratar nos desenhos suas histórias e fazer críticas sociais. Esta representatividade da cidade através do grafite surge para a população como um movimento de resistência a repressão oficial dos governantes, e neste caso não podem ser apagados. Apesar disso, a prefeitura já cobriu com tinta um mural de mais de 700 metros contendo grafites de diversos artistas brasileiros.

O prefeito de São Paulo, na ocasião, foi se retratar a mídia alegando a ação da prefeitura como um “engano”, em seguida autorizou que os mesmos artistas grafitassem de novo o muro, porém se negou a ajudar nos custos. Todo este processo é mostrado no documentário evidenciando, sempre, a posição da população favorável a arte de rua. Em alguns momentos faz-se uma conexão entre os grafites e as reações das pessoas diante da arte, em geral as camadas mais populares acham que intervenção combina com o visual urbano da cidade. Os planos que compõe o filme engrandecem a cidade e seus grafites o que de certo modo reforça a relação cidade-grafites.

A criação artística dos grafiteiros é também abordada, fala-se da arte conceitual, da atualidade da obra e do inconsciente coletivo, já que os trabalhos são expostos nos espaços públicos e de grande circulação.

Os gêmeos Otávio e Gustavo Pandolfo, tem no filme um grande espaço para suas falas e exibição de suas obras por serem um dos pioneiros nessa arte no Brasil que, na atualidade, se transformou em mais uma tribuna de defesa e criticas do cotidiano.

Por Luca Delacave

Aluno de cinema da FACHA



Deixe um comentário

(obrigatório)

(obrigatório)


Dê a sua opinião. Mas lembre-se: os comentários serão moderados. Apenas após análise dos editores eles serão postados.



RSS feed para comentários deste artigo | TrackBack URL

 

Por Revista Moviola

15 de Março de 2019

O filme Encantada (2007) conta a história da princesa Giselle (Amy Adams), que mora no reino de Andalasia. Certo dia, após cair em um poço, ela vai parar na cidade de Nova Iorque. Lá encontra Robert (Patrick Dempsey), um procurador e se hospeda no apartamento dele. Edward (James Marsden), o príncipe de Andalasia, também cai […]

Por Revista Moviola

26 de Fevereiro de 2019

Perigo Por Encomenda (2012), escrito e dirigido por David Koepp, traz ao público a cidade de Nova York como elemento determinante na narrativa e na estética do filme. O longa conta a história de um mensageiro que usa como transporte uma bicicleta (Wilee, interpretado por Joseph Gordon-Levitt) em Manhattan, o personagem precisa entregar, um envelope […]

Por Revista Moviola

21 de Fevereiro de 2019

Garota Sombria Caminha Pela Noite (2014) é um filme baseado em um curta de terror, com roteiro e direção de Ana Lily Amirpour e vencedor do prêmio da Revelação Cartier no Festival de Deauville em 2014. Uma produção realizada por imigrantes iranianos nos Estados Unidos que traz um estilo mesclado entre o horror, a fantasia, […]

Por Revista Moviola

18 de Setembro de 2018

O curta documentário Ilha das Flores, lançado no ano de 1989, dirigido por Jorge Furtado, com a duração de 13 minutos, cria no espectador, nos seus primeiros cinco minutos, a sensação de que se vai assistir a uma comédia. As imagens, em sequências rápidas e a voz off do ator Paulo José, levam o público a […]

Por Revista Moviola

13 de Setembro de 2018

  Elena (2012) tem um tom extremamente pessoal por narrar a triste história da irmã mais velha da diretora que dá nome ao filme. O documentário aborda a forte relação entre a personagem e Petra Costa, mostrando a depressão e as fraquezas vividas por Elena (sua irmã mais nova), pelo desejo de ser atriz. O filme […]

Anima Mundi Animação animações Brasil Cineclube Cinema cinema americano cinema brasileiro Cinema francês Crítica Crítica Cinematográfica crítico de cinema Curta Curta-metragem Curtas Documentário Entrevista Facha Festival Festival de Berlim Festival de Cannes Festival de Veneza Festival do Rio Festival do Rio 2009 Festival do Rio 2010 Festival do Rio 2011 Festival do Rio 2012 Festival do Rio 2013 festrio ficção filme Gay Literatura London Film Festival Luiz Rosemberg Filho Mix Brasil Mostra Mostra de Tiradentes Música Odeon Oscar Resenha Rio de Janeiro Versos É Tudo Verdade

WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck and Luke Morton requires Flash Player 9 or better.