Revista Moviola – Revista de cinema e artes » Maravilhoso Boccaccio

Maravilhoso Boccaccio


Por

Publicado em 13 de Fevereiro de 2016

maravilho boccaccio

A carreira dos irmãos Taviani fora mais uma vez alavancada depois do prêmio em Cannes por Cesar deve morrer; consequentemente a mídia voltou a ter curiosidade por seu próximo projeto. Não obstante, Maravilhoso Boccaccio. A interpretação do Decameron, de Boccaccio, pelos Taviani é reducionista, embora o longa tenha 121 minutos. Como adaptar 100 contos para o cinema? Eles escolheram apenas cinco. Ambientada no século XIV em Florença, durante a peste negra, as histórias contadas pelos jovens para passar o tempo continuam dentro do contexto clássico, sem adaptação para hoje. Com efeito, o peso da tradição italiana cai como um pêndulo sobre a criatividade dos artistas contemporâneos e é muito raro inovar sem ter de pagar tributo aos grandes do passado. Isso não se dá apenas no cinema – veja o diálogo entre Fellini e Sorrentino em A grande beleza -, mas também nas artes plásticas, na ópera e na música clássica.

Há um cuidado da figurinista com os detalhes nas roupas e aparência, como se vê, por exemplo, nas unhas sujas da maioria dos personagens, como se fossem representações vivas das criaturas de Caravaggio. Mas o cuidado nas cores e tecidos esta a serviço do peso do classicismo. Muito Pasolini aqui também.

Em Decameron, a comédia e escrachada, bufa, vulgar, como cabia aos escritores da época. Em Taviani, não. A tragédia marca mais e não se é capaz de rir solto.

Como então tornar maravilhoso o que e clássico? Como então tirar o peso do sagrado e trazer para hoje o culto renascentista? Zeffirelli foi um dos que tentou. Mas em Taviani parece que o tradição teatral acabou marcando esse filme. E o teatro clássico tem coreografias muito distintivas. Repare como se movimentam esses personagens e como se movimenta a câmera. Esta não é mais ampla do que o olhar de um espectador de teatro.

No entanto espero que este Boccaccio dos Taviani gere debates no Brasil, que anda um pouquinho necessitado de raízes clássicas.

#Moviola indica:

YouTube Preview Image



Deixe um comentário

(obrigatório)

(obrigatório)


Dê a sua opinião. Mas lembre-se: os comentários serão moderados. Apenas após análise dos editores eles serão postados.



RSS feed para comentários deste artigo | TrackBack URL

 

Por Revista Moviola

19 de Abril de 2018

  A mostra Corpos da Terra, cujas produções selecionadas refletem sobre a resistência indígena no Brasil atual, tem sua segunda edição entre os dias 20 e 23 de abril. O evento é realizado em parceria com o CineMosca e, além da exibição de filmes, terá mesas de discussão sobre a diversidade de mundos indígenas em […]

Por Revista Moviola

17 de Abril de 2018

  A dica de um precioso acervo para entender a situação indígena no Brasil atual é da jornalista Raquel Baster, mineira que vive atualmente no estado da Paraíba e colaborada com algumas atividades do Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste (MMTN-NE), entre elas, a oficina de roteiro para o documentário Mulheres rurais em movimento (2016), filme […]

Por Revista Moviola

14 de Abril de 2018

O documentário O desmonte do Monte, dirigido por Sinal Sganzerla, aborda a história do Morro do Castelo, seu desmonte e arrastamento. O Morro do Castelo, conhecido como “Colina Sagrada”, foi escolhido pelos colonizadores portugueses para ser o local das primeiras moradias e fundação da cidade do Rio de Janeiro. Apesar de sua importância histórica e […]

Por Revista Moviola

12 de Abril de 2018

  O documentário Auto de Resistência, dirigido por Natasha Neri e Lula Carvalho,  aborda os homicídios praticados pela polícia contra civis no estado do Rio de Janeiro. As mortes e as violações dos direitos humanos acontecem em casos conhecidos como “autos de resistência” – classificação usada para evitar que os policiais sejam responsabilizados pelos homicídios, […]

Por Revista Moviola

11 de Abril de 2018

O filme Livre Pensar – cinebiografia Maria da Conceição Tavares homenageia uma das economistas mais importantes do Brasil e, particularmente, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A sessão de exibição do documentário ocorrerá dia 24 de abril, às 18h, no Salão Pedro Calmon da UFRJ (Av. Pasteur, 250, 2º andar / Urca). A […]

Anima Mundi Animação animações Brasil Cineclube Cinema cinema americano cinema brasileiro Cinema francês Crítica Crítica Cinematográfica crítico de cinema Curta Curta-metragem Curtas Documentário Entrevista Facha Festival Festival de Berlim Festival de Cannes Festival de Veneza Festival do Rio Festival do Rio 2009 Festival do Rio 2010 Festival do Rio 2011 Festival do Rio 2012 Festival do Rio 2013 festrio filme França Gay Literatura London Film Festival Luiz Rosemberg Filho Mix Brasil Mostra Mostra de Tiradentes Música Odeon Oscar Resenha Rio de Janeiro Versos É Tudo Verdade

WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck and Luke Morton requires Flash Player 9 or better.