Revista Moviola – Revista de cinema e artes » Camp X-Ray

Camp X-Ray


Por

Publicado em 13 de Outubro de 2014

Camp X-Ray, de Peter Sattler.

O que acontece quando Hollywoood resolve explorar a violência e a desumanidade produtos do Terror Americano pós-9/11? Um relato branco e árabe de Guantánamo Bay, em que nem por um segundo, nem mesmo por sugestão, menciona-se o método de tortura dos presos na baía. Há outros filmes que são mais incisivos, como Guerra Sem Cortes (2007) de Brian de Palma e O Desconhecido Conhecido (2013) de Errol Morris, mas naturalmente não são mainstream, nem contam com Kristen Stewart no papel principal.

Há neste Camp X-Ray, de Peter Sattler, algo de bom-mocismo que parece preservar a tradição cinematográfica de produzir filmes de guerra em tempos de guerra, algo na linha de Coração Valente (1995) de Mel Gibson. Expansionista, para dizer em poucas palavras. Crê o personagem de Kristen (Cole) na recuperação dos detentos, na salvação pelos livros, pela fé e pela diligência. E como construir essa identificação entre Cole, sargento-mulher e discriminado pelos seus, e Ali Amir (Payman Maadi), “terrorista” islâmico? Recurso banal mostrando cena após cena os dois personagens realizando as mesmas tarefas, no caso dobrar as roupas.

Não sei responder se a melhor arte é a engajada, mas é certo que o papel do cinema em denunciar as mazelas da sociedade não é suficiente para que ela mude. Políticas públicas de guerra sempre serão imperativas e nem mesmo Barack Obama a elas pôde se opor, no final de seu governo. No entanto, é claro algo que se vê no filme: “Nunca esqueceremos 9/11”. Foi um só dia; nunca os norte-americanos tiveram uma guerra em território próprio; mas as consequências do antiterrorismo são tão grandes e ainda não podem ser mensuradas.

Uma forma possível de mensurá-la é por meio de filmes como este, em que alianças entre soldado e detento são desconfortáveis e insustentáveis, ainda que superprotegidas de um humor negro ralo. Posições simplistas em que a insubordinação do detento se baseia na crença de que o outro lado não tem o direito de ditar as ordens, quais sejam as de dormir quando se apagam as luzes, de comer ao servirem as refeições. A insubordinação (ou liberdade) se alcançaria como uma greve de fome, por exemplo. Mas para isso é que vem Cole (Kristen), na sua vigília cadenciada. Para impedir que Ali se entregue.

Camp X-Ray, de Peter Sattler (2014, EUA)

Veja a cobertura completa do London Film Festival 2014



Deixe um comentário

(obrigatório)

(obrigatório)


Dê a sua opinião. Mas lembre-se: os comentários serão moderados. Apenas após análise dos editores eles serão postados.



RSS feed para comentários deste artigo | TrackBack URL

 

Por Revista Moviola

28 de Outubro de 2019

                            Em 2020, o Internacional Uranium Film Festival comemorará uma década. O evento é o único no país dedicado a expor e debater o invisível mundo atômico e seus riscos radioativos. Em quase uma década, o festival reuniu produções cinematográficas de vários […]

Por Revista Moviola

19 de Outubro de 2019

              O longa-metragem Fendas apresenta uma protagonista mulher e paisagens, sons e imagens que envolvem seu trabalho num centro de pesquisas no Rio Grande do Norte. Seus objetos de pesquisa e seu cotidiano se mesclam. A personagem, uma cientista do campo da física, captura imagens de pessoas à distância. […]

Por Marcella Rangel

22 de Março de 2019

Se7en (1995) é o segundo filme do diretor David Fincher, no elenco, Brad Pitt, Morgan Freeman, Gwyneth Paltrow e Kevin Spacey na pele de um serial killers dos mais interessantes do cinema. O filme conta a história de David Mills (Pitt) e sua mulher, Tracy (papel de Paltrow), o casal esta de mudança mudaça para […]

Por Revista Moviola

20 de Março de 2019

Nos arredores de Orlando, na Flórida, em hotéis e complexos de quinta categoria – com imitações plastificadas de atrações dos parques tão próximos da Disney – são oferecidas estadias para turistas que querem economizar, como também servem de moradia, não oficial, para famílias americanas de baixa renda. Projeto Flórida (2017) é povoado por estes personagens, […]

Por Revista Moviola

15 de Março de 2019

O filme Encantada (2007) conta a história da princesa Giselle (Amy Adams), que mora no reino de Andalasia. Certo dia, após cair em um poço, ela vai parar na cidade de Nova Iorque. Lá encontra Robert (Patrick Dempsey), um procurador e se hospeda no apartamento dele. Edward (James Marsden), o príncipe de Andalasia, também cai […]

Anima Mundi Animação animações Brasil Cineclube Cinema cinema americano cinema brasileiro Cinema francês Crítica Crítica Cinematográfica crítico de cinema Curta Curta-metragem Curtas Documentário Entrevista Facha Festival Festival de Berlim Festival de Cannes Festival de Veneza Festival do Rio Festival do Rio 2009 Festival do Rio 2010 Festival do Rio 2011 Festival do Rio 2012 Festival do Rio 2013 festrio ficção filme Gay Literatura London Film Festival Luiz Rosemberg Filho Mix Brasil Mostra Mostra de Tiradentes Odeon Oscar Poemas Resenha Rio de Janeiro Versos É Tudo Verdade

WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck and Luke Morton requires Flash Player 9 or better.