Revista Moviola – Revista de cinema e artes » Capitão Phillips

Capitão Phillips


Por

Publicado em 22 de Outubro de 2013

Capitão Phillips, de Paul Greengrass.

(Londres, Moviola) – Tom Hanks é o homem da vez no London Film Festival deste ano. Está neste filme de abertura e também no de encerramento, Saving Mr. Banks, em que interpreta Walt Disney.

Capitão Phillips, de Paul Greengrass (Supremacia Bourne e O Ultimato de Bourne), é tanto um thriller como uma complexa dramatização sobre a história real do sequestro, em 2009, do navio de carga norte-americano por piratas somális. Aqui o contraste se estabelece entre a experiência cautelosa do personagem de Hanks e a audácia doidivana do sequestrador (Barkhad Abdi). Claro está que o filtro é maniqueísta e que não acontecerão grandes reviravoltas na trama.

O filme é uma metáfora para uma colisão entre o capitalismo selvagem e os desassistidos e esquecidos africanos e foi baseado no livro A Captain’s Duty, cujo co-autor é o próprio capitão Phillips.

Em entrevista coletiva na manhã do dia 9 de outubro, o diretor inglês Peter Greengrass disse que, por se basear em uma história real, ele precisou checar os fatos com toda a tripulação do navio. Também teve de destilar e condensar trechos, como, por exemplo, um período de 8 a 9 horas em 15 minutos, quando os piratas entram no navio. Parece-me então que checar as fontes fora o trabalho principal do diretor-pesquisador.

Também nós como jornalistas temos de checar as fontes. Na fila de espera para a coletiva ouvi histórias sobre câmeras escondidas no set de filmagens, e foi mesmo essa a questão que levantei a Paul e Tom Hanks. Hanks brincou: “Bem, aqui está cheio de câmeras escondidas”. Paul desmentiu o boato, explicando que em alguns momentos filmou de um barco em pleno mar. “Por vezes, o diretor de fotografia, por causa da maré, me dizia: ‘Sabe, não estou conseguindo focalizar direito’. E eu lhe gritava: “Eu não quero saber. Filme assim mesmo’.”

Paul Greengrass fez questão de encontrar atores somális para o elenco e, para tanto, teve de sair do circuito Nova York – Los Angeles e adentrar a comunidade de africanos em Miineápolis.

Perguntado sobre o grande momento da atuação de Hanks, em que há uma espécie de catarse, praticamente ao final, o premiado ator e produtor norte-americano disse: “Você não vai querer que eu te dê a fórmula da Coca-Cola, vai? O meu trabalho é atingir esse pico quando o momento chega. Eu estava dentro (da cena).” Seu desafio maior, no entanto, foi interpretar um personagem ainda vivo. Hanks se encontrou com Phillips, viram juntos partidas de basquete na televisão, e o ator disse ao marinheiro: “Bem, vou interpretar você. Não vai ser um documentário, então vou acabar falando certas coisas que você não disse. Tudo bem?”. Phillips acatou, mas fez questão de especificar todas as tarefas as quais um capitão de navio está encarregado.

Espectador, abstraia qualquer ideia preconcebida que tenha sobre a Marinha norte-americana e goze do filme como mais um produto da indústria de Hollywood. É mesmo nisso que os estúdios gostam de apostar seus dólares.

Capitão Phillips, de Paul Greengrass (Captain Phillips, 2013, Estados Unidos)

Trailer do Filme:

YouTube Preview Image

Veja a cobertura completa do London Film Festival 2013



Deixe um comentário

(obrigatório)

(obrigatório)


Dê a sua opinião. Mas lembre-se: os comentários serão moderados. Apenas após análise dos editores eles serão postados.



RSS feed para comentários deste artigo | TrackBack URL

 

Por Revista Moviola

28 de Outubro de 2019

                            Em 2020, o Internacional Uranium Film Festival comemorará uma década. O evento é o único no país dedicado a expor e debater o invisível mundo atômico e seus riscos radioativos. Em quase uma década, o festival reuniu produções cinematográficas de vários […]

Por Revista Moviola

19 de Outubro de 2019

              O longa-metragem Fendas apresenta uma protagonista mulher e paisagens, sons e imagens que envolvem seu trabalho num centro de pesquisas no Rio Grande do Norte. Seus objetos de pesquisa e seu cotidiano se mesclam. A personagem, uma cientista do campo da física, captura imagens de pessoas à distância. […]

Por Marcella Rangel

22 de Março de 2019

Se7en (1995) é o segundo filme do diretor David Fincher, no elenco, Brad Pitt, Morgan Freeman, Gwyneth Paltrow e Kevin Spacey na pele de um serial killers dos mais interessantes do cinema. O filme conta a história de David Mills (Pitt) e sua mulher, Tracy (papel de Paltrow), o casal esta de mudança mudaça para […]

Por Revista Moviola

20 de Março de 2019

Nos arredores de Orlando, na Flórida, em hotéis e complexos de quinta categoria – com imitações plastificadas de atrações dos parques tão próximos da Disney – são oferecidas estadias para turistas que querem economizar, como também servem de moradia, não oficial, para famílias americanas de baixa renda. Projeto Flórida (2017) é povoado por estes personagens, […]

Por Revista Moviola

15 de Março de 2019

O filme Encantada (2007) conta a história da princesa Giselle (Amy Adams), que mora no reino de Andalasia. Certo dia, após cair em um poço, ela vai parar na cidade de Nova Iorque. Lá encontra Robert (Patrick Dempsey), um procurador e se hospeda no apartamento dele. Edward (James Marsden), o príncipe de Andalasia, também cai […]

Anima Mundi Animação animações Brasil Cineclube Cinema cinema americano cinema brasileiro Cinema francês Crítica Crítica Cinematográfica crítico de cinema Curta Curta-metragem Curtas Documentário Entrevista Facha Festival Festival de Berlim Festival de Cannes Festival de Veneza Festival do Rio Festival do Rio 2009 Festival do Rio 2010 Festival do Rio 2011 Festival do Rio 2012 Festival do Rio 2013 festrio ficção filme Gay Literatura London Film Festival Luiz Rosemberg Filho Mix Brasil Mostra Mostra de Tiradentes Odeon Oscar Poemas Resenha Rio de Janeiro Versos É Tudo Verdade

WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck and Luke Morton requires Flash Player 9 or better.