Revista Moviola – Revista de cinema e artes » The Zero Theorem

The Zero Theorem


Por

Publicado em 18 de Outubro de 2013

The Zero Theorem, de Terry Gilliam.

(Londres, Moviola) – Por mais que tenha considerado The Zero Theorem meio besta, ainda assim tiro meu chapéu para Terry Gilliam. A minha primeira ideia foi convidá-lo para um vinho perto de onde mora, em Highgate, mas me cadastraram para o tapete vermelho da estreia deste novo filme, e lá fui eu.

Em palavras simples, The Zero Theorem é outro filme de ficção científica em que tudo lhe parece extremamente familiar e nada tem mesmo cheiro de futuro. Um hacker (Christoph Waltz) trabalha incessantemente na busca da solução do Teorema Zero e, ingenuamente, acredita que será salvo quando receber um certo telefonema. Ele se priva de qualquer prazer terreno, refere-se a sua pessoa com um plural de modéstia “nós”, mas, como é o protagonista, talvez tenha algo que o distinga dos outros funcionários da empresa dirigida por Matt Damon (Management).

O filme abre com uma sequência milimetricamente teatralizada de um caminhar por uma Londres meio Blade Runner. Waltz (Qohen Leth) mora numa igreja co-habitada por ratinhos devoradores de pizza, pombas intrometidas e um jesus decapitado, cuja cabeça fora substituída por uma câmera. Os índices orwellianos estão todos lá: telas, câmeras, celulares, só que agora nós nos reconhecemos neste tempo. A associação natural é com Brazil e pergunto a Gilliam qual o diálogo entre os dois filmes, em trinta anos de intervalo. Ele responde: “Esforcei-me bastante para que este filme não se parecesse com Brazil. Em The Zero Theorem há mais camadas de críticas aos dias de hoje. Há uma clautrofobia no filme que é derrubada pela entrada de alguns personagens. É desse modo que o homem descobre a humanidade”.

Terry Gilliam é um homem de grandes produções. Ano passado dirigiu a ópera Fausto por aqui, mas The Zero Theorem não teve um orçamento generoso. Sobre dirigir óperas, Gilliam confessa: “Um desafio. Ainda estava fazendo mudanças enquanto as pessoas entravam no foyer do teatro”. Insisto se ele ficara satisfeito com o resultado: “Sim, claro, vou dirigir outra ópera logo”.

Voltando à trama do teorema, aproveito a metáfora do telefonema para arguir ao ator Sanjeev Bhaskar (Doctor 1) sobre como foi o telefonema/convite de Gilliam e também como ele lida com a espera de novos telefonemas para trabalhos. “Muito boa pergunta, muito boa mesmo. Bem, ao receber o telefonema de Terry, primeiro eu chorei, depois ri, depois desconfiei e fui verificar se era verdade mesmo. Diferentemente do personagem principal, tinha minhas suspeitas. Quanto a esperar novos trabalhos, eu não penso muito nisso. Escrevo constantemente (para séries de TV dedicadas a imigrantes indianos no Reino Unido] e trabalho bastante.”

Tenho a impressão de que a tal chamada em The Zero Theorem fora da amante Mélanie Thierry, à qual o avesso hacker não atende, mas isso talvez não tenha a menor importância. O filme é divertido; o humor do ex-Monty Python ainda é imbatível. Isso é o que resta, afinal, para a humanidade. Rir antes de termos consciência de que morremos um pouco por dia.

The Zero Theorem, de Terry Gilliam (The Zero Theorem, 2013, Estados Unidos / Romênia)

Trailer do Filme:

YouTube Preview Image

Veja a cobertura completa do Festival do Rio 2013

Veja a cobertura completa do London Film Festival 2013



Deixe um comentário

(obrigatório)

(obrigatório)


Dê a sua opinião. Mas lembre-se: os comentários serão moderados. Apenas após análise dos editores eles serão postados.



RSS feed para comentários deste artigo | TrackBack URL

 

Por Revista Moviola

22 de Março de 2019

Se7en (1995) é o segundo filme do diretor David Fincher, no elenco, Brad Pitt, Morgan Freeman, Gwyneth Paltrow e Kevin Spacey na pele de um serial killers dos mais interessantes do cinema. O filme conta a história de David Mills (Pitt) e sua mulher, Tracy (papel de Paltrow), o casal esta de mudança mudaça para […]

Por Revista Moviola

20 de Março de 2019

Nos arredores de Orlando, na Flórida, em hotéis e complexos de quinta categoria – com imitações plastificadas de atrações dos parques tão próximos da Disney – são oferecidas estadias para turistas que querem economizar, como também servem de moradia, não oficial, para famílias americanas de baixa renda. Projeto Flórida (2017) é povoado por estes personagens, […]

Por Revista Moviola

15 de Março de 2019

O filme Encantada (2007) conta a história da princesa Giselle (Amy Adams), que mora no reino de Andalasia. Certo dia, após cair em um poço, ela vai parar na cidade de Nova Iorque. Lá encontra Robert (Patrick Dempsey), um procurador e se hospeda no apartamento dele. Edward (James Marsden), o príncipe de Andalasia, também cai […]

Por Revista Moviola

26 de Fevereiro de 2019

Perigo Por Encomenda (2012), escrito e dirigido por David Koepp, traz ao público a cidade de Nova York como elemento determinante na narrativa e na estética do filme. O longa conta a história de um mensageiro que usa como transporte uma bicicleta (Wilee, interpretado por Joseph Gordon-Levitt) em Manhattan, o personagem precisa entregar, um envelope […]

Por Revista Moviola

21 de Fevereiro de 2019

Garota Sombria Caminha Pela Noite (2014) é um filme baseado em um curta de terror, com roteiro e direção de Ana Lily Amirpour e vencedor do prêmio da Revelação Cartier no Festival de Deauville em 2014. Uma produção realizada por imigrantes iranianos nos Estados Unidos que traz um estilo mesclado entre o horror, a fantasia, […]

Anima Mundi Animação animações Brasil Cineclube Cinema cinema americano cinema brasileiro Cinema francês Crítica Crítica Cinematográfica crítico de cinema Curta Curta-metragem Curtas Documentário Entrevista Facha Festival Festival de Berlim Festival de Cannes Festival de Veneza Festival do Rio Festival do Rio 2009 Festival do Rio 2010 Festival do Rio 2011 Festival do Rio 2012 Festival do Rio 2013 festrio ficção filme Gay Literatura London Film Festival Luiz Rosemberg Filho Mix Brasil Mostra Mostra de Tiradentes Música Odeon Oscar Resenha Rio de Janeiro Versos É Tudo Verdade

WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck and Luke Morton requires Flash Player 9 or better.