Revista Moviola – Revista de cinema e artes » Fora da Lei

Fora da Lei


Por

Publicado em 7 de Outubro de 2010

Em 1925, família de camponeses é expulsa de suas terras na Argélia. Com a morte do pai, os três filhos se unem à FLN e lutam pela independência do país. Abdelkader, depois que sai da prisão, lidera o movimento em Nanterre. Messaoud, ex-soldado na Guerra da Indochina, acompanha-no, enquanto Saïd se torna contraventor e financia as atividades revolucionárias os irmãos.

Épico histórico, melodrama e thriller político, Fora da Lei utiliza a fórmula narrativa do conflito entre irmãos. Abdelkader, cada vez mais obcecado pela independência, deixa de lado a própria humanidade quando a FLN o recruta na prisão. Messaoud se afasta da mulher e do filho, pois os assassinatos que comete em nome de seus ideais o perturbam. Saïd, cujos golpes envergonham a mãe, busca se redimir através do boxe – a FLN, todavia, proíbe a luta do campeão argelino pelo título francês. Em outras palavras, todos são reféns dos acontecimentos históricos,que se soprepõem às vontades individuais e arrastam as personagens durante quatro décadas, de 1925 a 1962.

Rachid Bouchareb se espelha em O Poderoso Chefão – a saga familiar, à margem da lei, que se confunde e que reflete a História do país (tanto da França, quanto da Argélia). Há duas homenagens claras. Na primeira, Saïd esfaqueia o colaboracionista que ajudou no roubo de suas terras – referência à cena em que Don Vito mata o assassino de seu pai. Na segunda, o carro de Hélène vai pelos ares – mesmo atentado que sofre a esposa de Michael Corleone na Sicília.

Fora da Lei, porém, deixa a mediocridade apenas quando Faivre surge na tela. Membro da Resistência, coronel na Indochina e gaullista, Fraivre luta pela grandeza colonial da França – embora saiba que a causa está perdida e que a Argélia conquistará a independência. Como Javert em Os Miseráveis, de Victor Hugo, ele caça Abdelkader, implacavelmente, em nome da lei, que não passa de uma quimera.

Conquanto se assemelhem, Abdelkader e Faivre vivem em tempos distintos. Se Faivre luta pela glória do passado, Abdelkader combate pela esperança do presente e do futuro.

Fora da Lei, de Rachid Bouchareb, 2010.

Veja a cobertura completa do Festival do Rio 2010.



Deixe um comentário

(obrigatório)

(obrigatório)


Dê a sua opinião. Mas lembre-se: os comentários serão moderados. Apenas após análise dos editores eles serão postados.



RSS feed para comentários deste artigo | TrackBack URL

 

Por Revista Moviola

19 de Abril de 2018

  A mostra Corpos da Terra, cujas produções selecionadas refletem sobre a resistência indígena no Brasil atual, tem sua segunda edição entre os dias 20 e 23 de abril. O evento é realizado em parceria com o CineMosca e, além da exibição de filmes, terá mesas de discussão sobre a diversidade de mundos indígenas em […]

Por Revista Moviola

17 de Abril de 2018

  A dica de um precioso acervo para entender a situação indígena no Brasil atual é da jornalista Raquel Baster, mineira que vive atualmente no estado da Paraíba e colaborada com algumas atividades do Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste (MMTN-NE), entre elas, a oficina de roteiro para o documentário Mulheres rurais em movimento (2016), filme […]

Por Revista Moviola

14 de Abril de 2018

O documentário O desmonte do Monte, dirigido por Sinal Sganzerla, aborda a história do Morro do Castelo, seu desmonte e arrastamento. O Morro do Castelo, conhecido como “Colina Sagrada”, foi escolhido pelos colonizadores portugueses para ser o local das primeiras moradias e fundação da cidade do Rio de Janeiro. Apesar de sua importância histórica e […]

Por Revista Moviola

12 de Abril de 2018

  O documentário Auto de Resistência, dirigido por Natasha Neri e Lula Carvalho,  aborda os homicídios praticados pela polícia contra civis no estado do Rio de Janeiro. As mortes e as violações dos direitos humanos acontecem em casos conhecidos como “autos de resistência” – classificação usada para evitar que os policiais sejam responsabilizados pelos homicídios, […]

Por Revista Moviola

11 de Abril de 2018

O filme Livre Pensar – cinebiografia Maria da Conceição Tavares homenageia uma das economistas mais importantes do Brasil e, particularmente, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A sessão de exibição do documentário ocorrerá dia 24 de abril, às 18h, no Salão Pedro Calmon da UFRJ (Av. Pasteur, 250, 2º andar / Urca). A […]

Anima Mundi Animação animações Brasil Cineclube Cinema cinema americano cinema brasileiro Cinema francês Crítica Crítica Cinematográfica crítico de cinema Curta Curta-metragem Curtas Documentário Entrevista Facha Festival Festival de Berlim Festival de Cannes Festival de Veneza Festival do Rio Festival do Rio 2009 Festival do Rio 2010 Festival do Rio 2011 Festival do Rio 2012 Festival do Rio 2013 festrio filme França Gay Literatura London Film Festival Luiz Rosemberg Filho Mix Brasil Mostra Mostra de Tiradentes Música Odeon Oscar Resenha Rio de Janeiro Versos É Tudo Verdade

WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck and Luke Morton requires Flash Player 9 or better.