Revista Moviola – Revista de cinema e artes » Aconteceu em Woodstock

Aconteceu em Woodstock


Por

Publicado em 26 de Setembro de 2009

Aconteceu em Woodstock, de Ang Lee.

Ennis Del Mar, que reprime os próprios sentimentos, expressa-os apenas em Brokeback Mountain, lugar utópico onde os condicionantes sociais do dia-a-dia não se impõem. Elliot Tiber, que vive sob o jugo dos pais, enxerga no Festival de Woodstock a chance de deixar a pequena cidade para trás. O Segredo de Brokeback Mountain e Aconteceu em Woodstock possuem estruturas similares: heróis que se dividem entre a realidade cotidiana e a quimera efêmera, ambas irreconciliáveis.

Quando Wallkill caça a licença do Festival de Woodstock, Elliot Tiber o traz para Bethel – mais precisamente para a fazendo do amigo Max Yasgur. Elliot acredita que os três dias de “paz e música” cubram as dívidas do hotel de seus pais, o El Monaco, que ele administra desde a volta do Brooklyn. Contudo, Woodstock se transforma no marco da geração hippie: contracultura, amor livre, sexo, feminismo, protestos contra a Guerra do Vietnã, drogas, Panteras Negras, rock’n roll. A ruptura que o evento provoca – a comunidade local, antiquada e conservadora que se opõe aos milhares de jovens que chegam de todo país – individualiza-se em Elliot que, embora preso umbilicalmente à mãe, anseia pelas vivências e descobertas que os novos contatos lhe abrem.

Woodstock simboliza para Elliot a mesma utopia que as montanhas Brokeback para Ennis. Em ambos os filmes, Ang Lee retrata pequenas comunidades (Meio-Oeste americano, subúrbio de Nova York) avessas às mudanças e congeladas no tempo. O cineasta disseca hábitos, manias, estilos de vida e preconceitos que se solidificaram e construíram o meio social, aos quais opõe Elliot e Ennis, heróis fora de sintonia com os papéis que lhes cabem em relação aos vizinhos. Porém, se Ennis De Mar guarda Brokeback Mountain para si (refúgio solitário), Elliot Tiber promove Woodstock para todos, bomba atômica que leva à catarse e à transformação coletiva.

Ang Lee preserva a aura mística de Woodstock. De empreendimento comercial, com venda de ingressos para quarenta mil espectadores, os “três dias de paz e amor” se tornam, ao longo do filme, acontecimento que reúne meio milhão de jovens e define a cultura de sua época. Porém, embora trate com simpatia as questões levantadas pelo festival, Aconteceu em Woodstock se furta a contextualizá-las politicamente: os ideais hippies, para Ang Lee, são genéricos e agradáveis, não atos de resistência aos EUA de Nixon e Lyndon Johnson.

Em Aconteceu em Woodstock, a “sutileza” de Ang Lee se confunde perigosamente com a revisão histórica. Elliot Tiber, por exemplo, fora ativo participante do movimento gay de Nova York, antes de voltar para Bethel, assim como Max Yasgur mais do que apenas ceder a fazenda, bancou o direito dos jovens e dos hippies de se manifestarem livremente (não por acaso, ele é o Santo Padroeiro do Festival Woodstock). Mas vencer barreiras individuais é bem mais palatável que chafurdar no campo minado da política.

Assista ao trailer de Aconteceu em Woodstock, de Ang Lee:

YouTube Preview Image

Aconteceu em Woodstock, de Ang Lee, 2009.

Veja a cobertura completa do Festival do Rio 2009.



Deixe um comentário

(obrigatório)

(obrigatório)


Dê a sua opinião. Mas lembre-se: os comentários serão moderados. Apenas após análise dos editores eles serão postados.



RSS feed para comentários deste artigo | TrackBack URL

 

Por Revista Moviola

22 de Março de 2019

Se7en (1995) é o segundo filme do diretor David Fincher, no elenco, Brad Pitt, Morgan Freeman, Gwyneth Paltrow e Kevin Spacey na pele de um serial killers dos mais interessantes do cinema. O filme conta a história de David Mills (Pitt) e sua mulher, Tracy (papel de Paltrow), o casal esta de mudança mudaça para […]

Por Revista Moviola

20 de Março de 2019

Nos arredores de Orlando, na Flórida, em hotéis e complexos de quinta categoria – com imitações plastificadas de atrações dos parques tão próximos da Disney – são oferecidas estadias para turistas que querem economizar, como também servem de moradia, não oficial, para famílias americanas de baixa renda. Projeto Flórida (2017) é povoado por estes personagens, […]

Por Revista Moviola

15 de Março de 2019

O filme Encantada (2007) conta a história da princesa Giselle (Amy Adams), que mora no reino de Andalasia. Certo dia, após cair em um poço, ela vai parar na cidade de Nova Iorque. Lá encontra Robert (Patrick Dempsey), um procurador e se hospeda no apartamento dele. Edward (James Marsden), o príncipe de Andalasia, também cai […]

Por Revista Moviola

26 de Fevereiro de 2019

Perigo Por Encomenda (2012), escrito e dirigido por David Koepp, traz ao público a cidade de Nova York como elemento determinante na narrativa e na estética do filme. O longa conta a história de um mensageiro que usa como transporte uma bicicleta (Wilee, interpretado por Joseph Gordon-Levitt) em Manhattan, o personagem precisa entregar, um envelope […]

Por Revista Moviola

21 de Fevereiro de 2019

Garota Sombria Caminha Pela Noite (2014) é um filme baseado em um curta de terror, com roteiro e direção de Ana Lily Amirpour e vencedor do prêmio da Revelação Cartier no Festival de Deauville em 2014. Uma produção realizada por imigrantes iranianos nos Estados Unidos que traz um estilo mesclado entre o horror, a fantasia, […]

Anima Mundi Animação animações Brasil Cineclube Cinema cinema americano cinema brasileiro Cinema francês Crítica Crítica Cinematográfica crítico de cinema Curta Curta-metragem Curtas Documentário Entrevista Facha Festival Festival de Berlim Festival de Cannes Festival de Veneza Festival do Rio Festival do Rio 2009 Festival do Rio 2010 Festival do Rio 2011 Festival do Rio 2012 Festival do Rio 2013 festrio ficção filme Gay Literatura London Film Festival Luiz Rosemberg Filho Mix Brasil Mostra Mostra de Tiradentes Música Odeon Oscar Resenha Rio de Janeiro Versos É Tudo Verdade

WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck and Luke Morton requires Flash Player 9 or better.