Revista Moviola – Revista de cinema e artes » Suzy Brasil

Suzy Brasil


Por

Publicado em 25 de Novembro de 2008

 

Suzy Brasil: A Deusa da Penha Circular, de Renata Than, 2008, Brasil, 20’

Suzy Brasil: A Deusa da Penha Circular, de Renanta ThanOutro programa tradicional do Mix Brasil é o Trash-O-Rama. O nome já diz tudo: são filmes completamente trash - como o americano Bíblias para Marte, de Pete Barnstrom (2006, 13’), filmes que brincam com a fronteira entre o “sério” e o trash - como o alemão A vagina gostosa de Edith, de Jörn Hartmann (2007, 11’), filmes que se levam tão a sério de mais que acabam sendo trash, como o terror lésbico (?) americano À Sombra do Crepúsculo, de T. M. Scorzafava (2008, 12’).

E, pelo visto, tem também filmes sobre personagens que são ou podem ser considerados trash.

É o caso deste Suzy Brasil: a Deusa da Penha Circular, de Renata Than. Em apenas 20 minutos, o espectador é apresentado a dois personagens fascinantes, que dividem o mesmo corpo: a travesti Suzy Brasil, – “a deusa da Penha Circular” – , e sua identidade secreta – Eduardo, professor de Biologia da rede pública de ensino.

Peraí… um cara que é travesti de noite e professor de dia? Este personagem não me é estranho… Alguém aí já ouviu falar em Laura de Vison?

(Parêntesis para alguma brincadeira, que cinéfilo também não é de ferro. No momento em que fiz esta pergunta, me lembrei de uma daquelas brincadeirinhas um tanto quanto escrotas com um quê de homófoba. É assim: faça esta pergunta ao seu interlocutor. Se ele responder que não, dizer rápido: “É claro, bicha nova nunca ia se lembrar mesmo…” Se responder que sim, diga na bucha: “Aí, hein, bicha velha!…” O único risco é o seu interlocutor não levar na esportiva e você apanhar feito um boi ladrão, mas isso já são outros quinhentos…)

Laura de Vison – identidade pública de Norberto Chucri David, licenciado em filosofia, psicologia e história pela Faculdade Nacional de Filosofia e professor de História e Educação Moral e Cívica da rede pública estadual – foi um dos personagens LGBT mais emblemáticos da noite carioca – mais especificamente, da noite da Lapa, testemunha ocular de sua fase decadente, entre os anos 1970 e 1980, e de seu, digamos, renascimento, a partir da década de 1990, até virar purpurina (até porque, como reza o costume, gay não morre, vira purpurina) em 2007. E a primeira coisa em comum entre ela e Suzy é que ambas estão imortalizadas no audiovisual – especialmente no documentário da UFF Na calada da noite, de Paulo Halm e Luiz Arnaldo Campos. (Aliás, outra coisa em comum: Suzy Brasil também é um filme de escola – de alunos da Escola de Cinema Darcy Ribeiro.)

Bem, Suzy Brasil pode ser considerada uma reencarnação tosca-pero-no-mucho de Laura de Vison – a começar por sua maquiagem meio-tribufu-meio-palhaço-de-circo que a caracteriza. E é um achado inteligente dar voz ao seu alter-ego, o jovem professor Eduardo – com sua história e suas opiniões sobre a vida, a sua vida – e também à Suzy Brasil, com seu sensato besteirol.

Enfim, Laura de Vison ganhou uma sucessora – ainda que meio trash, é verdade – à altura de seu escracho e irreverência. Mais ainda, ganhou um registro magnífico registro no audiovisual para a posteridade.

 

Veja a cobertura completa do 16º Festival Mix Brasil



1 Commentário sobre 'Suzy Brasil'

  1.  
    diogo

    12 Setembro, 2009| 4:10 pm


     

    vc e tudo,sou seu fã,curto vc de montão.sucesso,sempre

Deixe um comentário

(obrigatório)

(obrigatório)


Dê a sua opinião. Mas lembre-se: os comentários serão moderados. Apenas após análise dos editores eles serão postados.



RSS feed para comentários deste artigo | TrackBack URL

 

Por Revista Moviola

19 de Abril de 2018

  A mostra Corpos da Terra, cujas produções selecionadas refletem sobre a resistência indígena no Brasil atual, tem sua segunda edição entre os dias 20 e 23 de abril. O evento é realizado em parceria com o CineMosca e, além da exibição de filmes, terá mesas de discussão sobre a diversidade de mundos indígenas em […]

Por Revista Moviola

17 de Abril de 2018

  A dica de um precioso acervo para entender a situação indígena no Brasil atual é da jornalista Raquel Baster, mineira que vive atualmente no estado da Paraíba e colaborada com algumas atividades do Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste (MMTN-NE), entre elas, a oficina de roteiro para o documentário Mulheres rurais em movimento (2016), filme […]

Por Revista Moviola

14 de Abril de 2018

O documentário O desmonte do Monte, dirigido por Sinal Sganzerla, aborda a história do Morro do Castelo, seu desmonte e arrastamento. O Morro do Castelo, conhecido como “Colina Sagrada”, foi escolhido pelos colonizadores portugueses para ser o local das primeiras moradias e fundação da cidade do Rio de Janeiro. Apesar de sua importância histórica e […]

Por Revista Moviola

12 de Abril de 2018

  O documentário Auto de Resistência, dirigido por Natasha Neri e Lula Carvalho,  aborda os homicídios praticados pela polícia contra civis no estado do Rio de Janeiro. As mortes e as violações dos direitos humanos acontecem em casos conhecidos como “autos de resistência” – classificação usada para evitar que os policiais sejam responsabilizados pelos homicídios, […]

Por Revista Moviola

11 de Abril de 2018

O filme Livre Pensar – cinebiografia Maria da Conceição Tavares homenageia uma das economistas mais importantes do Brasil e, particularmente, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A sessão de exibição do documentário ocorrerá dia 24 de abril, às 18h, no Salão Pedro Calmon da UFRJ (Av. Pasteur, 250, 2º andar / Urca). A […]

Anima Mundi Animação animações Brasil Cineclube Cinema cinema americano cinema brasileiro Cinema francês Crítica Crítica Cinematográfica crítico de cinema Curta Curta-metragem Curtas Documentário Entrevista Facha Festival Festival de Berlim Festival de Cannes Festival de Veneza Festival do Rio Festival do Rio 2009 Festival do Rio 2010 Festival do Rio 2011 Festival do Rio 2012 Festival do Rio 2013 festrio ficção filme Gay Literatura London Film Festival Luiz Rosemberg Filho Mix Brasil Mostra Mostra de Tiradentes Música Odeon Oscar Resenha Rio de Janeiro Versos É Tudo Verdade

WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck and Luke Morton requires Flash Player 9 or better.